08/12:Dia Nacional da Família

Durante muito tempo ” família” vinha apresentada sempre no singular, na pressuposição de um ideal único. Últimamente se tem dado destaque às muitas configurações nos quadros familiares,  querendo com isso sinalizar a multiplicidade de caminhos para a realização humana. Não existe uma única configuração, mas muitas, dependendo de fatores múltiplos. O motor das famílias é o mesmo: o amor.  Mas os fatores que lhe dão fisionomias diferentes são múltiplos. A rogor, a diversidade não significa degeneração. Pode perfeitamente se conjugar como manifestação da riqueza dos planos de Deus, que se manifesta  de muitos modos e em inúmeros contextos  diferentes. Mas assim como Deus é amor, assim também só  onde existe amor verdadeiro,  existe família.

                              Frei António Moser, OFM                                     moser@vozes.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s